A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Victor Chiarella. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Victor Chiarella. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

MOTORISTA ?


Tony Kanaan

O ano era 1990 ou 91 , meu primo Paulo Rene e eu tínhamos montado uma produtora de vídeos para fazer na TV um programa de automobilismo , começamos gravando corridas de Kart , o Campeonato Paulista ,depois no meio do ano gravamos o Brasileiro . Lá conhecemos e convivemos com esta garotada que depois iria para F Indy , o Tony e o Hélio , F1 o Bernoldi e outros . No Brasileiro o Tony havia andado muito bem , só que na prova final , ele em primeiro lugar saiu da pista na entrada da reta , e outro Kart que se envolveu no acidente acabou quebrando a vela do Kart dele com o bico , isto o Tony só veio descobrir através de uma gravação nossa . Breve vamos dispor no YouTube algumas dessas gravações .
Estávamos uma tarde no kartodromo de Interlagos , o Paulinho, O Victor Chiarella amigo nosso de infância e dono de uma equipe de Kart e eu , conversávamos sobre alguma coisa quando chegou o Tony , simpático como sempre , ficamos conversando . Na hora de ir embora o Paulinho com quem eu tinha vindo precisava ir a outro lugar , e pedi uma carona ao Tony , já que eu morava na Av São Gabriel e ele na região da Av Paulista . O carro dele era um Voyage ( devia ser de sua mãe já que ele era menor de idade ) e estava à uns 100 m de onde conversávamos , fui andando em direção ao carro com o Victor e o Paulinho e o Tony encontrou o Mário da Mini e parou para falar qualquer coisa com ele . Eu achando que o Mário viria junto , educadamente sentei-me no banco de traseiro , de repente vejo o Tony gesticulando e dizendo "não sou motorista , ai não te levo " indignado . Começamos a rir os quatro , do engano , meu e dele . E até ele me deixar em casa rimos muito da confusão.
Não vejo o Tony a muito tempo , baita piloto , gostaria de te-lo visto na F1 , talvez a esta altura nosso jejum de títulos não existisse .