A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Stock Cars. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Stock Cars. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Rainha


Comecei a correr desde os 12 anos, numa cidade do interior de Sampa, Sertãozinho, a cidade da cana de açúcar, foi a minha mãe que me ensinou a dirigir, e eu adorei, e comecei no kart lá mesmo, em competições na terra nada profissional quando voltamos pra São Paulo, comecei a freqüentar Interlagos, aí já tinha 20 anos, certo dia vi um anuncio no jornal, que precisavam de uma cronometrista, o piloto era o Fausto Resende, de minas, da terra da Dna Beija, logicamente, que era do pelotão do meio...rssssssss, 
me candidatei à vaga e fui a escolhida, na época eu era modelo da Ellus e do Casarão das Noivas... e com certeza dava para unir o útil ao agradável,  até ai nada demais, fui me interessando e apreendendo um pouco de mecânica, com pouco mais de um ano com o Fausto, fui fazer o curso de pilotagem com o falecido Prof. Marazzi, eu era a única aluna.  Ele me chamou e falou: “você tem certeza que é isso mesmo que quer? Vai sofrer 1 preconceito danado, mas se quiser mesmo estou com você para o que der e vier, mas também terá que fazer  curso de mecânica básica assim não vai ser enganada por ninguém“...e foi assim...que tudo começou, foram muitas as barreiras, inclusive na sala de aula e também nas aulas práticas, mas consegui superar, até tirar a minha carteira de graduada “A“. Bem a primeira etapa estava vencida, agora era juntar dinheiro e comprar um carro e prepará-lo para andar, precisava de ajuda...
Isto foi em 1985, conheci o então piloto da Stock Car e preparador Carlos Castrale que  junto com o Sandro Bono e o Ferramenta me ajudaram a colocar o carro na pista, vocês vão me perguntar como que consegui. Consegui patrocínios de peças, da Arteb caixas de faróis dianteiros e faróis de milha, da  Juntas Stewaux peças, Varga sistemas de freio, Bardhal  óleo de motor e  aditivos, com esses produtos na mão lá vai a Regina vender na Av. do Cursino, e mesmo com a nota fiscal da fabrica o pessoal só pagava 60% do valor, com esse dinheiro comprava o que precisava para manutenção do carro, e o resto pagava jantar e fazia o rateio entre os meninos...

Largando na Stock...


Minha primeira corrida foi um escândalo, pois eu mesma fui com a pasta debaixo do braço com as fotos do carro nas rádios e na televisão e nos jornais, que São Paulo  ia ter a primeira piloto Brasileira a correr na categoria de elite do Automobilismo; a Stock Car.
Como era de se esperar foi um desastre, os pilotos do primeiro pelotão não quiseram deixar eu correr, falavam que lugar de mulher correr era pilotando fogão, meu professor falou, “Regina não bata boca com ninguém, vamos entrar mandado de segurança, pois você tem que respeitar os seus patrocinadores“ e foi isso que fizemos. Em nenhuma corrida da Stock até aquele momento aconteceu repescagem, na minha teve corrida teve.
No momento de entrar na pista, não queriam me deixar entrar para fazer a classificação de tempo, o Expedito entrou na frente dos carros na saída dos boxes e falou; “se ela não fizer a tomada de tempo, ninguém vai pra pista, temos um mandado de segurança“...bem depois de vários minutos de bate boca finalmente entrei para a classificação para o Grid, mas como se não bastasse teve a primeira repescagem por excesso de carros, eu tinha que voltar pra pista com mais quatro e virar não me lembro quantos segundos a menos para me qualificar, quando consegui todos os bandeirinhas, gritavam e agitavam suas bandeiras pra mim, era como se fosse o primeiro lugar, pois atrás de mim tinha um monte de marmanjos...rssss! Nesta corrida o pole foi o Alecar Jr, com 3m05s ou , o segundo era  Marcos Gracia, e o terceiro era Luiz Pereira com 3.06.06m  bem tinham 56 carros e eu larguei em 44!

Depois conto tudo!

Regina Calderoni

----------------------------------------------------------------------------------------

Hoje já escrevi sobre o Crispim e Biju, agora mostro à vocês o primeiro do que serão muitos textos de minha querida Regina. O titulo "Rainha" cabe como uma luva à essa mulher batalhadora, determinada que com sua presença traz sempre luz por onde passa.
Mas muito mais que uma amiga Regina é para mim uma irmã muitíssimo querida, e para nós todos nossa Rainha.

Um abraço bem apertado como só você sabe dar Regina e muitos mas muitos beijos, meu carinho, respeito e admiração...aliás meu e de todos nós!

Rui Amaral Jr

 Com Duran, Marcelo e João Carlos Bevilacqua, no lançamento da Old Stock.

 Com Oídeo Campos
 Com Cassio Toledo, eu e Arturo Fernandes
 Sem comentários!
Com Wagner Gonzalez e Claudinho Carignato
 Eu mereço...Yeda Mello e Regina
 Gláucio Teixeira, Regina e Duran.
 Regina, Duran, Vera, Arturão e em pé meu filho Francisco e eu.

 Arturão, Vera Guimarães e Conde - Luiz Hemrique Pankowski.
Com Gláucio e Duran
Querida malvadaaaaaaa... 


     

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Amadeu


De piloto aguerrido e batalhador Amadeu Rodrigues se tornou um chefe de equipe competente e comanda sua equipe com as mesmas qualidades que teve nas pistas como piloto. Ontem pela primeira vez um piloto seu venceu na Stock...parabéns Amadeu, Rafa e à toda equipe.



Rui Amaral Jr  

quinta-feira, 27 de março de 2014

HOT GARAGE

Stock Cars - 1ª Etapa Interlagos

segunda-feira, 24 de março de 2014

Regina Calderoni

Interlagos, Regina de Stock Cars na curva do Pinheirinho.

Na ânsia de promover a corrida de ontem da Stock algum redator totalmente desinformado ou com intenções outras que sequer posso imaginar, resolveu nas chamadas para a corrida escrever o que depois os locutores não cansaram de falar; que a Bia Figueiredo era a primeira mulher à pilotar um Stock! Ledo engano, minha amiga Regina já pilotava um na década de 1980, aqui em casa em almoço no sábado com amigos ela estava indignada e nós também! 
Pô dona Globo, um pouco de pesquisa não faz mal nenhum!
Agradeço ao meu amigo Washington Luiz Desmothenes por ter alertado alguns jornalistas do fato e ao Lito Cavalcanti por ter restabelecido a verdade no ar!

Rui Amaral Jr



     

terça-feira, 23 de abril de 2013

Conta Junior...


Minha estreia na Stock - Cars foi no final do ano de 1981, neste anos era disputado o campeonato brasileiro e o Rio/São Paulo.
Esse relato que vou descrever foi em minha 2 corrida nesta disputada categoria, meu carro novinho, fiz muitos treinos em Interlagos para acertar a suspensão e acertei, sabendo que qualquer carro de competição que andasse bem no difícil Autódromo de Interlagos andaria em qualquer lugar, mas tinha um problema, meu motor não rendia bem nas retomadas de saída de curva. 
Nesta época, o Waldemir Spinelli o "Bolão" como o conheciam, dividia sua equipe com o Alencar Jr  de Goiania, e não sei o motivo mas dispensaram seu preparador o conhecido "Meinha", eu querendo andar junto com os ponteiros não perdi tempo o contratei já para etapa do Rio de Janeiro em 29/11/1981. 
Na sexta feira nos treinos fiquei com o 17 tempo, com problemas de retomada em saída de curva, mas estava animado com o acerto de suspensão e contava com o Meinha que só chegou no Rio pela manhã de sábado pouco antes da classificação, perguntando como está o carro, relatei que o problema era a retomada em saída de curva.
Pois bem, retirou o carburador, desmontou, com duas "bolinhas de chumbo" aquelas usadas para pescar lambari, tampou duas passagem de ar e trocou as canetinhas, giglês e ajustou a boia.
Sai para classificar, nem acreditava como meu motor tinha melhorado, dei 3 voltas e marquei o 6 tempo. Entrei para meu box, novamente foi tirado o carburador foi trocado o giglê de álcool para maior. Sai novamente e senti a melhora dondo mais 3 voltas e marquei o 3 tempo atras do Paulão Gomes e do Ingo Hoffmann.
Na corrida me toquei com o Capeta que vinha atras do Paulão.... enfim cheguei em 2 com Paulão em 1....


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Stock Cars

Belas fotos, uma curva inesquecível. Na foto 1 -identifico o Pedro Queiroz Pereira, #15; 2 - Lara Campos, #55 e Capeta, #1; 3- Marcos Troncon, #16; 6- D.Casarini, #3 e Bolão Spinelli, #58; 7 - Reynaldo Campello, #11 e 8 - Ingo Hoffmann, #7 e Aroldo Erni Bauermann, #17. 

Caranguejo


Na semana passada o Carlos mostrou algumas dessas fotos em nosso Face da D3, é uma corrida da Stock Cars em Interlagos em Junho de 1981, alguns comentários são do Jr Lara Campos e do Fabiano Guimarães, tirados do Facebook.

Rui Amaral Jr


#55 Jr Lara Campos e Paulo Gomes 

“EU IA COM OS AMIGOS DE SÃO CAETANO ASSISTIR AS PROVAS EM INTERLAGOS, ENTRAVAMOS PELOS BURACOS DOS MUROS PARA ASSISTIR AS PROVAS E ZANZARMOS PELOS BOXES SEM CREDENCIAIS E VERMOS O QUE ACONTECIA, AI ENCONTRÁVAMOS ALGUNS CONHECIDOS, ARTURO, RENATO NARDI, ZÉ ROMANO, LEANDRINI, BRUNO NA D-3  E OS PILOTOS QUE JÁ NÃO ESTAVAM MAIS PARTICIPANDO DA D-3 E ESTAVAM NA STOCK. NA PROVA DA STOCK FICAR NO FINAL DO RETÃO ERA MUITO LEGAL, POIS OS CARROS URRAVAM NA DESCIDA E ONDE ALICATAVAM PARA FAZER A  "3". O JR BRIGAVA MUITO COM PAULÃO, COLOCAVA O CARRO AONDE MENOS  SE ESPERAVA QUE DESSE PARA PASSAR BRIGARAM POR POSIÇÃO A CORRIDA TODA  ENTRE OUTROS PILOTOS.” 
Carlos Bonesso



 Luiz Fabiano Pereira Guimarães - Denísio por dentro e Avallone.
Luiz Fabiano Pereira Guimarães - #25 Eduardo Miragaia, Essa foto é uma raridade, acho que a única do Miragaia nessa temporada, depois ele sumiu. 


Junior Lara Campos - Stock-Cars, essa categoria era mais competitiva que a D3. Esses carros Opala equipados com motor GM 4100 cc. com sua preparação muito limitada pelo regulamento, usavam pneus radiais lixado (pneus novos que se mandava lixar em maquina) com 3 mm para corrida e 1,5 mm para classificação. Neste ponto da foto, curva 3, final da reta em Interlagos chegavam perto dos 230 km/h, tinha de "bombar" o pedal do freio para encostar as pastilhas para ai frear, o auto-controle emocional do piloto era muito importante para andar rápido, pois uma escapada perdia-se pelo menos duas posições em corrida no meio do bolo....




Quatro Rodas Julho de 1981


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Mike

Algumas fotos que recebi de meu amigo Mike Mercede...
1982 Stock Cars em seu carro da equipe BASF








Conversando atrás do carro o grande Luiz Pereira Bueno
Mil Milhas 1983, abastecendo Carlo Gancia e Carlão olhando.

Mike na Stock 1983
Yoshikuma

Edson e Miguel Yoshikuma




Wilson Fittipaldi Jr conversa e lá atrás o Manduca