A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Roberto Zullino. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Roberto Zullino. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Conta Chico- APVC

Sobre o imbóglio a coleção digitalizada da revista Quatro Rodas edição de Setembro de 1975

..........bom dia ZULLINO, li seu descritivo sobre a volta da APVC, que desde já a aprovo sem restrições. Em querendo, posso ajudar com algumas idéias, mas sem posto algum a almejar.
     Lembro- lhe que houve uma segunda ASSOCIAÇÃO de PILOTOS em 1975, nascida em uma tremenda ofensiva de um cartola contra um piloto em uma corrida de SUPER V no AUTODROMO de BRASÍLIA ((((((  acho que você sabe que BRASÍLIA já teve AUTODROMO .....!!!!!!????? ))))) em que por um acaso esse piloto era eu ......!!!!! Todos meus colegas se revoltaram e a segunda bateria foi muuuuuiitissima  disputada a 50 quilômetros por hora, 'a velocidade de  haddad  sem ninguém passar ninguém ....!!!!!

               ANISIO CAMPOS foi eleito nosso  PRESIDENTE, em que fez um ótimo trabalho, inclusive para a HOMOLOGAÇÃO do AUTODROMO do RIO de JANEIRO para corridas de FORMULA UM (((((((( mais uma vez lhe lembro que a CIDADE MARAVILHOSA também teve AUTODROMO  sim senhor, mas este nos roubaram para as OLIMPÍADAS e após estas será para uma CORRIDA IMOBILIÁRIA  SEM FREIOS .......!!!!!! )))))))  houve uma corrida também da SUPER V, em que a CBA em que NACACHE era presidente teve que fazer o acerto do prêmio de largada para com todos os participantes  dessa corrida, com o ANISIO , coisa que o contrariou por deveras, pois ele queria fazer esse acerto  individualmente com cada piloto, imagina só , isso ACONTECEU .......!!!!!!!

              Acho que para essa nova APVC, você deverá ser o PRESIDENTE, pois é conhecedor do AUTOMOBILISMO  & das LEIS que regem o nosso BRASIL .


   Abraço amigo de CHICO LAMEIRÃO

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

GP Brazil 2015

Minha raiva é tanta com os acontecimentos que antecederam este GP e o descaso da prefeitura com as pessoas que fazem o automobilismo paulista que nada vou comentar, vou direcionar vocês ao blog de meu amigo Zullino e lá poderão ler o que está acontecendo!

Rui Amaral Jr 

link

"US$ 50 milhões, Interlagos fechado desde janeiro, um monte de gente desempregada e o automobilismo paulista acabado. Tudo isso para fazer uns puxadinhos e um Paddock 2 metros mais largo. Ficou um favelão inacabado.
Todo ano é a mesma arenga, fecham 4/5 meses e ficamos sem pista. Nos outros lugares a f1 ocupa 2 finais de semana e olhe lá.
E ainda esquecem de plantar a grama, incompetência e roubalheira é o nome do game. 

Roberto Zullino"

quarta-feira, 5 de março de 2014

GP da Argentina 1960

#32 Froilán Gonzalez-Ferrari Dino 246, #14 Gino Munaron-Maserati 250F e o vencedor Bruce McLaren Cooper T45.

Ia até escrever sobre a corrida, mas, porém, todavia...uma grande disputa se estabeleceu em meu perfil do Face entre os amigos Wagner, Zuzu, Paulo Delavigne e Paulo Levi que sabem muito de tudo...na sequencia Wagner disse ser sobrinho do Touro dos Pampas-Froilán Gonzaléz- tendo Zuzu duvidado na hora provou ele majestosamente o parentesco como veremos abaixo!  
O belo vídeo mostra como foi a corrida...


A prova indubitável!

Não querendo ficar para trás Paulo...
mostrou o autógrafo do autor do ótimo "McLaren Memories".

     

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Lei 15.780/2013

 A Sessão Solene de 13 de Agosto que homenageou dirigentes, preparadores e pilotos do automobilismo paulista foi inesquecível e nela tomamos conhecimento da lei 15.780/2013 de autoria do vereador Floriano Pesaro que coloca o Campeonato Paulista de Automobilismo no rol de eventos oficiais do calendário do município. 
Seria apenas mais uma lei porém a intenção do vereador é ajudar e promover nosso automobilismo com seriedade, e como podemos ver no vídeo abaixo em seu pronunciamento de ontem no plenário da Câmara esse trabalho já começou. Ontem almoçando com seu assessor Sandro Kuschnir, também piloto, fiquei conhecendo mais sobre o trabalho que eles vem realizando, apoiado pelo também vereador Mario Covas Neto, e da seriedade da intenção deles em trazer novamente este grande celeiro de campeões que é nosso automobilismo ao seu merecido destaque.


Rui Amaral Jr    


 Os vereadores Floriano Pesaro e Mario "Zuza" Covas Neto entregam ao Arturo a placa em homenagen à sua  carreira e seus dois titulos brasileiros da Divisão 3. Na mesa vemos o Bastos.

E quando recebo a homenagem em nome de nossa categoria.

PS: Pertinente à toda situação o comentário do Zullino que adiciono agora, sei da história, obrigado Zullino!

"Muito bom o post do Rui Amaral Lemos Junior no blog dele. A história começou em 2012 quando estávamos sendo moídos pela diretoria de eventos da SPTuris que só pensava em tirar datas do Campeonato Paulista de Automobilismo e ficar cedendo as mesmas para montadoras levarem clientes brincarem de carrinho e missas dos padres marcelo e cultos evangélicos, até uma paixão de cristo junto com corrida tivemos que aguentar. O piloto Sérgio Luis da Silva conhecia o Floriano Pesaro e seu assessor que foi piloto por 8 anos Sandro Kuschnir. Os dois nos ajudaram na luta com a SPTuris e mantivemos nossas datas. Posteriormente, o Floriano fez uma Lei que protege o Campeonato Paulista, incluindo-o nos eventos oficiais da Cidade de São Paulo e mais coisa vem pela frente, o exemplo da defesa da escola é um deles. O Floriano já fez mais pelo automobilismo em meses do que muito bonitão por ai fez em 30 anos.
Automobilismo não é um bando de boyzinhos correndo de carro, o Campeonato Paulista gera pelo menos 50 mil empregos de qualidade e bem remunerados, somos uma "industry" no sentido americano do termo, e grande. Defender o automobilismo paulista é defender empregos, renda, formação profissional, um carro de corrida requer um exército de gente para ir para a pista e isso não aparece."

Roberto Zullino 


domingo, 21 de julho de 2013

Interlagos 20 de Julho 2013

Outro Sábado agradável com os amigos em Interlagos, hoje o Campeonato Brasileiros de Marcas mas a canseira não me deixou ir! Lá estávamos nós, Lia, Ana, Arturão, Duran, Santo, Conde, Marcio, Ronaldão, Clovis, Zullino o sucessor de Bernie, Reinaldo, Amadeu, Ferraz, encontramos o Elcio depois de muito tempo, como sempre uma festa!

    Vendo a chegada da Vee com Arturão, Lia seu neto Jorge e a mãe Heloisa.
Lia, Jorge e Heloisa
Com Duran e Arturão na foto de Ronaldão, pensávamos que a corrida que era para ter 12 voltas tinha acabado, ainda faltavam três!
Reinaldo fez uma grande corrida na Clássicos.

 Ronaldo Nazar
Alonso e um amigo.
Depois de comer três lanches o fotógrafo estava de olho nos do Arturão e meu! Te cuida Ronaldão!

Vee

Heitor na pole.

GRID








A luta entre Heitor e Fernando Monis foi uma constante durante a corrida!
No podium os seis primeiros, Heitor recebe o troféu das mãos de Bernie, ops desculpem de Roberto Zullino!

Resultado da 7a etapa do Campeonato Paulista

1) 34-Fernando Monis, (15 voltas) 31:03.115

2) 55-Heitor Nogueira Filho, à .024
3) 36-Flavio Matheus, à 14.472
4) 50-João Tubino Nt, à 14.505?
5) 51-Arthur Leme, à 28.924?
6) 19-Rodrigo Rosset, à 29.090?
7) 78-Bruno Leme, à 29.350?
8) 32-Daniel Ebel, à 29.711?
9) 8-Edu Dias, à 31.646?
10) 44-Marco Vale, à 51.059?
11) 18-Ricardo Mangolini, à 53.795?
12) 16-Ricardo Soares, à 56.697?
13) 30-Marcelo Chamma, à 1:28.283
14) 27-Sergio Silva, à 1:30.952?
15) 7-Emilio Padron, à 1 volta?
16) 21-Vinicius Serafim, à 2 voltas?
17) 1-Marcus Leao, à 5 voltas?
18) 89-Glaucio Doreto, à 6 voltas?
19) 11-Marcio Mauro, à 9 voltas?
20) 0-Wanderley Valente, à 9 voltas
21) 14-Matheus Jacques, à 10 voltas?
22) 23-Willian Daulisio Jr, à 13 voltas?
23) 63-Luiz Reis F., à 14 voltas

Melhor Volta: Fernando Monis (34), 2:01.939 (média de 127,214 km/h), na 2ª volta

FOTOS: Ana Luiza Andreoni e Ronaldo Nazar

No vídeo da Ana Luiza a chegada emocionante Fernando 24 milésimos à frente de Heitor!

terça-feira, 17 de julho de 2012

CAÇADORES DE ESTRELAS

Dois posts sobre o mesmo tema, no primeiro escrevi antes de tudo pensando nos "malucos" que tive a honra de conhecer nas pistas, e continuar amigos deles. Logo a seguir o Zullino deu seu depoimento, já que viu o carro andando.
Abaixo vou reproduzir os dois, e novamente digo; À todos nós que sempre sonhamos e perseguimos nossos sonhos!
  À você Bica, que construiu seu sonho!  

Com o maior prazer dou meu depoimento: 
O Caçador de Estrelas tem sido motivo de piada desde o seu nascimento como exemplo de traquitana, mas isso não é necessariamente verdadeiro, exceto pela posição absolutamente maluca, o carro não era ruim e muito menos mal feito e poderia dizer que tinha um desempenho muito melhor que a maioria das carreteras, a do Camilo incluída. 

O Votanamis não era neófito e tinha acesso a peças e tecnologia da época. O que não tinha era acesso a um transaxle do tipo Hewland mais pesado como as DG 300 ou Maserati. Na falta de um transaxle Maserati resolveu a coisa de maneira mais simples. Encurtou o cardã que deveria ter uns 10 centímetros, apenas o suficiente para abrigar duas juntas universais permitido a oscilação do eixo traseiro, mas jamais saberemos se essa solução não iria forçar demais o cardã e as juntas causando quebras, o carro não andou nas Mil Milhas para a qual foi construído. 

O carro tinha um motor Corvette acoplado a uma caixa normal, um cardã curto e um eixo rígido atrás. Não posso precisar de que marca, mas certamente tudo era GM e talvez o câmbio fosse de Jaguar 4 marchas, a famosa caixa Moss que embora fosse uma caixa temperamental era muito usada nas carreteras. Por mais que se encurtasse o cardã o conjunto ainda assim era muito comprido. 

O problema é que por mais que se pusesse o motor ara trás ainda assim ficava faltando lugar para o piloto. A solução foi pendurar uma estrutura na frente do eixo dianteiro para o piloto. 

O Bica não teve a idéia de colocar o piloto do lado do motor como alguns carros de Indianápolis ou mesmo os protótipos Tubarão feitos no sul pelos Andrade 40 anos depois, usando mais ou menos o mesmo conceito e colocando o piloto ao lado. 

As fotos de construção do carro não mostram que a direção tinha dois tirantes até o painel, acho que foram colocados na pista. Os pneus utilizados na pista eram bem mais largos que os das fotos e certamente importados, os traseiros com certeza. Pode-se ver que a suspensão é moderna, mesmo a traseira e muito bem montada e projetada apesar do eixo rígido. Na frente, bandejas em triângulo com molas helicoidais e na traseira um eixo rígido, também usando molas helicoidais. Os freios eram a disco, com certeza na dianteira, não lembro da traseira, mas acredito que eram a disco também. Portanto, em termos de chassis e suspensão um carro muito mais avançado do que as carreteras e com um centro de gravidade muito mais baixo. 

O carro na minha opinião fazia as curvas de alta de forma muito equilibrada, saia levemente de traseira nessas curvas sem oscilação alguma. Nas curvas de baixa iniciava saindo um pouco de frente, mas com a força do motor era colocado no lugar muito facilmente pelo piloto. Dava a impressão de ser muito fácil de dirigir, a menos a posição da direção que era igual à da Kombi. 

Não sei se o piloto ficava aterrorizado dentro do carro, mas acredito que não porque andaram bem forte com o carro. Quem ficava aterrorizado era que via o carro correr. No final, acertadamente, proibiram o carro de correr as Mil Milhas e nunca mais se ouviu falar do Caçador de Estrelas, deve ter virado outras coisas como era comum na época. Uma pena, se tivesse sido mais desenvolvido com a colocação do piloto ao lado teria feito muita gente suar para enfrentá-lo. 

Abs, 

Roberto da Silva Zullino

Post de:20 de Abril de 2010

______________________________________________________________________






Só quem já ouviu o ronco de um carro de corridas, já pilotou um, já correu, pode dizer desta paixão. Eu particularmente os conheci desde cedo, e toda vez que entrei numa oficina de preparação me senti em casa, o cheiro, o ar, peças, carros, pneus, câmbios, engrenagens, um carro de corridas no cavalete, a sensação é única. Pode ser um Formula, Prototipo ou Turismo, a hora em que vemos aquele carro no ar é o mesmo que estar nas nuvens. Acredito que a maioria dos pilotos se sente assim , é difícil encontrar um ex piloto que não sinta saudades da época em que corria, eu particularmente só conheci um. Agora que tenho reencontrado tantos amigos vejo neles sempre o mesmo pensamento . Conheço centenas de pilotos, que pilotaram de F.1 até D. 1, a grande maioria apaixonado pelo que faz, grandes pilotos, campeões, pilotos médios, e até alicataões, em todos a mesma paixão. Qual deles nunca olhou seu carro sendo feito e disse, "é campeão " ou " é o mais bonito da categoria ". Nestas fotos acima estamos vendo um sonho, Bica Votnamis idealizou no ano de 1967, um carro incrível, com motor central, Chevrolet Corvette, freios a disco etc. O único problema do carro foi a posição de pilotagem, à frente do eixo dianteiro, qualquer batida de frente e lá se ia o piloto. É claro que ele pensou nisto quando projetou o carro, mais ai entra a paixão, o sentimento de que nada pode acontecer com a gente, a vontade de andar na frente. Alguém de bom senso proibiu este carro de correr, mais que teria sido incrível vê-lo na pista isto seria. Antes que me esqueça Bica deu a este carro o sintomático nome de "Caçador de estrelas" .
Dedico esta postagem a centenas de Caçadores de Estrelas que conheço e em especial a alguns amigos , Duran , Ferraz ,  Amadeu , Pankowisk , Fabio Poppi , Fabio Levorin , Jr Lara, Edo , Luiz , Chico , Crispim , Teleco , Jacob , Ricardo e Mike. E a alguns outros que a esta altura caçam as estrelas bem de perto . 

PS: Post de 4 de Maio de 2009 e hoje dedico tambem a alguns outros Caçadores que conheci durante esse maravilhoso ano de encontros. Caranguejo, Fabiano e Luiz Guimarães, Fernando Fagundes, Joel, Francis, Ricardo Bifulco, Tito, Sanco, Luiz Salomão, Rafa, Cezar ...
E a voce meu filho, nunca deixe que pequenos transtornos apaguem seus e nosso sonhos, que um dia realizaremos.     

Rui Amaral Jr

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

NT: Hoje pela manhã, ao verificar as estatísticas do blog, notei mais de 10 visitas ao post do Zullino, e mais algumas ao meu, então resolvi mostrar novamente os dois.
Um forte abraço,

Rui  





quarta-feira, 9 de novembro de 2011

MILLE MIGLIA 1955 - Denis Jenkinson - III











Obrigado Zullino e um abração.


terça-feira, 8 de novembro de 2011

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MILLE MIGLIA 1955 - Denis Jenkinson - I


Dos arquivos de meu amigo Roberto Zullino, o jornalista Denis Jenkison conta na exelente MotorSport, a aventura que foi participar das Mille Miglia 1955, como navegador de Stirling Moss. 






São 18 paginas que vou postar em três vezes. Clique nas fotos expandir.