A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Paulo Delavigne. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paulo Delavigne. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

"El Nigher" vence em Pescara...

Corpo avantajado e tez escura Giuseppe Campari foi um dos grandes nomes do automobilismo europeu, na foto com sua Alfa Romeo P2 e sua equipe de mecânicos da Scuderia Ferrari após a vitória de 1928 na Coppa Acerbo, venceu a copa ainda em 1927 e 1931 sempre de Alfa Romeo.
Começou sua carreira como mecânico de competições e acompanhante na Alfa Romeo e tempos depois já estava pilotando...à partir de 1920 começou à vencer e vencer se rivalizando com os grandes da época como, Tazio Nuvolari, Antonio Ascari, Achille Varzi e tantos outros.
No filme "Amarcord" de Fellini mostra sua passagem pela cidade de Rimini, provavelmente em uma das duas Mille Miglia que venceu em 1928/29, em 1928 pilotando a Alfa Romeo 6C 1.500 SS Spyder Zagato e 1929 a Alfa Romeo 6C 1.750 Spyder Zagato em ambas tendo como assistente o grande mecânico Giulio Ramponi.
Perdeu a vida em Monza no ano de 1933 numa corrida logo após o GP Monza. Na primeira volta sua Alfa pegou uma mancha de óleo na Curva Sul e saiu da pista morrendo Campari imediatamente.
Este foi apenas um pequeno apanhado da vida deste grande piloto, o Caranguejo e eu sempre conversamos em contar mais de sua vida e vitórias, quem sabe um dia...


Aos grandes pilotos de todas as épocas e aos meus amigos Paulão, Edwin e meu sócio Caranguejo.

Rui Amaral Jr






quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Quem, quando, onde?

A foto recebi de meu amigo Paulo Delavigne, um dos personagens já foi citado várias vezes aqui pelo Caranguejo ou por mim...obviamente pilotavam para a equipe Alfa de Don Enzo Ferrari! 

  

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Paulão, Miltão, Bird, Celso, Camilo...

...hoje pela manhã me deparo em meu perfil do Face com o recorte de jornal mostrando a corrida de Piracicaba enviado por meu amigo Paulo Delavigne, logo lembrei da foto que o Bird Clemente me enviou do Celso pilotando o Porsche 550 RS, ainda na reportagem o Camilo Christófaro pilota um carro patrocinado pela Bongotti empresa de radiadores do pai e irmãos de meu amigo Milton Bonani.
Então é assim que vamos escrevendo as historias que mostramos aqui, contando com os amigos e resgatando um pouco de nosso automobilismo de todos os tempos!
Ao Paulão, Miltão e Bird meu forte abraço e o obrigado pela amizade e carinho.
Ao Celso, Camilão e todos pilotos citados no jornal, heróis de minha juventude, alguns que tive a  imensa honra de conhecer, outros que tenho o privilegio da amizade!




Rui Amaral Jr

     
 Celso e o 550 RS em Piracicaba.
Paulão
Miltão
A Lenda... 
Camilo vê seu companheiro  Eduardo Celidonio receber a bandeirada da vitória nas Mil Milhas Brasileiras de 1966. 



quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

“RICOS” X “POBRES” NA GUERRA DO TRÂNSITO !!!

"com o rei na barriga" lá ia a SUV, soberbo nome para uma tranqueirona que hoje em dia povoa nossas ruas e estradas assustando meros motoristas com nós, simples mortais, donos de Dauphines, Gordinis e outros quetais...nunca seremos soberbos donos das soberbas tranqueiras, apenas nos assustamos quando madames e cavalheiros encastelados em seus belos veículos não nos notam, apenas nos olham lá do alto fingindo que não existimos" ...

esse é certamente um retrato, muito bem pintado pelo Rui, da sociedade que vivemos ... alguns dizem que isso é um problema cultural... concordo ... a cultura do automóvel,mas, quem sabe seja falta de cultura ... sim a falta de cultura da convivência social... pessoas que ainda vivem a falsa ilusão de que o automóvel representa o poder, a ascensão social, o auge.. aquilo que os torna o suprassumo da raça humana !!! Os que andam em carros pequenos, ou mais antigos, e principalmente os ciclistas ou pedestres são os pobres coitados, seus subalternos que devem recuar para a passagem de suas "carruagens" puxadas por 100 ou mais cavalos !!! ora pipocas ... ninguém pode ter outra opção na vida ???!!! ... ninguém pode andar a pé ou de bike por opção !!!... ou será que eles acham que precisa ser pobre prá ter o gosto de ir e vir a hora que bem entender, sem estresse com engarrafamentos, vagas prá estacionar, gasto com combustível e poluição ambiental e outros tantos problemas que estamos carecas de saber ???!!! Problemas que o número exagerado de veículos nas ruas trazem para o trânsito cada vez mais caótico das cidades em todo o mundo Isso sem falar na questão do uso totalmente inadequado de veículos enormes (e superpotentes) prá transportar apenas um passageiro !!! as benditas tranqueiras que o Rui muito bem definiu no inicio do texto ... as SUVs... e nisso adiciono ainda as pick-ups e outras “monstruosidades” do gênero 4x4 , que andam na cidade transportando ar em suas caçambas enormes e vazias !!!

Mas gostaria de voltar um pouquinho atrás para enfocar essa questão motorista "rico" x ciclista (ou pedestre) "pobre"... vamos ver ... tenho dois carros na garagem e 2 bicicletas e aí como fica ... sou rico ou sou pobre ? prá provar que sou rico preciso sair de carro ... certo ? ... e quando saio de bicicleta, ou a pé, estou passando atestado de pobreza !!! ora, como diriam nossos pais , vão plantar batatas !!! ... na verdade, não me considero nem um nem outro ... mas ainda que pudesse me considerar rico (tenho 2 carros na garagem, lembram?) porque diabos alguém poderia pensar que "ricos" tem o poder de vida ou morte sobre os demais habitantes do planeta desprovidos de veículos (de preferência SUV, é claro) ??? Isso é simplesmente ridículo !!!

No dia a dia os ciclista deparam-se com freqüência com "os educadores de trânsito" ... são veículos automotores em geral , desde os 1.0 pintados de vermelho “Ferrari” (coisa mais ridícula, sou "old school", prá mim carro esportivo tem marca e não cor), das SUVs, e também os realmente grandes e pesados ônibus e caminhões conduzidos pelos ditos "profissionais" da boleia que insistem em tirar finas "educativas" dos ciclistas, empurrando-os pro meio-fio.

Há pouco tempo, li o relato de uma rapaz que foi empurrado dessa forma, caiu e acabou com diversas escoriações (felizmente) ... a madame que dirigia seu veículo enquanto falava ao celular, ainda teve a " bondade" de descer do carro e passar um "sabão" no rapaz " ... também, disse ela, veja só onde você estava andando de bicicleta ... na rua!!! e ainda emendou... rua não é lugar de bicicleta !!!" é de ficar pasmo diante de uma declaração de tamanha ignorância, e de desconhecimento total da legislação de trânsito !!! Como pode alguém ter habilitação para dirigir sem conhecer as leis de trânsito ??? Sem saber que bicicleta é considerado um veículo, e como tal tem seu uso amparado pelo CTB, que quer dizer Código de Trânsito Brasileiro e não Confederação dos Tarados Baixinhos como podem pensar alguns mais desinformados como a senhora acima citada !!!

A lei é clara, e a lógica é simples ... maiores e mais pesados respeitam e protegem os mais fracos e mais vulneráveis, assim, ônibus e caminhões respeitam veículos automotores que respeitam ciclistas e estes respeitam os pedestres ! Mas atenção ... o caminho inverso também é válido e deve ser obedecido! Tem pedestre que não respeita ciclista, assim como tem ciclistas, e vamos incluir aí alguns motoqueiros, que não respeitam outros veículos !!! ... depois não adianta reclamar !!! Vamos usar o bom senso e viver harmoniosamente !!! E que reine a paz no trânsito !!!

um vídeo interessante ... EU NÃO SOU O TRÂNSITO ... http://vimeo.com/43974314



Tentando levar a questão com bom humor criei uma placa para instalar nas minhas bikes !!! Se alguém quiser imprimir seus próprios adesivos e/ou placas, fique a vontade !!!


Paulo  Delavigne