A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Oreste Berta. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Oreste Berta. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Oreste Berta



Ouvi falar em Oreste Berta quando era menino, e lia Prabrisas Corsa, uma bela revista de automobilismo. Depois no ano de 1971 em algumas corridas que fiz na equipe De Lamare, já podia ver os belos cabeçotes que ele fazia para os Opalas de Divisão 3. Algum tempo depois acompanhei de perto algumas grandes disputas entre nosso querido Luiz Pereira Bueno e seu Porsche 908/2 contra Luiz Di Palma e seu Berta RL4, dois grandes pilotos com dois grandes carros.
Logo depois Luiz e a equipe Hollyhood encomendaram a Berta o carro que seria o bicho papão da classe C de nossa Divisão 3, o Maverick/Berta, conheci esse carro de perto, era uma maravilha. Logo depois veio o Hollywood/Berta da Divisão 4 que novamente nas mãos de Luizinho, fez história em nossas pistas.
Levado com uma seriedade que conhecemos a pouco tempo por aqui, o automobilismo praticado na Argentina sempre foi muito forte. Por lá, graças a grandes incentivos levados com seriedade, correm muitas categorias e são muitos os grandes construtores e preparadores. Hoje graças a meu amigo Vasco, que escreve o blog Lauburu43, mostro uma das raras entrevistas do Mago de Alta Gracia, Oreste Berta.


Das mãos de meu amigo Ararê o belo Hollywood/Berta, tocado com maestria por Luiz Pereira Bueno.

Clique nas fotos para ampliar.


Nestas duas páginas, Oreste fala de seu relacionamento com o Grande Juan Manuel Fangio. 



Ruedas Clásicas



Maverick/Berta com Luiz Pereira Bueno