A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Marco de Sordi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Marco de Sordi. Mostrar todas as postagens

domingo, 26 de dezembro de 2010

Largando de trás.

 Confesso que sempre tive muito respeito por meus adversários de pista, alguns amigos queridos e com quem tenho a grande satisfação de conviver até hoje, massss quando eu largava de Caixa 3 vinha para cima, pouco me interessava quem fosse, quando abria uma brecha enfiava o carro e lá ia eu. Caso  meu carro quebrasse algumas voltas depois a corrida já teria valido à pena. Muitos pilotos estudam o carro que vai a frente  para tentar ultrapassar em algum ponto onde se julguem mais rápidos, outros jogam o carro em cima e esperam para ver o que acontece, temos visto muito isso na Stock de hoje. Fora os carros mais lentos que sempre são ultrapassados nas retas a briga com os do mesmo nível costuma ser complicada, pilotos experientes, motores fortes e carros no chão são sempre a expectativa de uma boa briga. Tenho algumas fotos de dois grandes pilotos da Divisão 3 se degladiando que mostram bem isso, meus amigos Jr Lara Campos e Arturo Fernandes e um dia mostro a vocês. 
 Um olho no carro que vai à frente, outro no contagiros para não detonar o motor, outro nos retrovisores e ainda outro em tudo que acontece à volta e vamos para cima.
 No antigo traçado do Templo a freada da curva "Três" a da " Ferradura" do "Sargento" e do "Esse" eram belos lugares para se tentar, depois com mais dificuldade a entrada da "Junção" pois essa curva tinha que ser feita de uma forma muito acertada para que o carro tivesse motor na "Subida dos Boxes", assim seu Chico Landi ensinou a meu amigo Jr Lara. Na curva "Um" também era um bom lugar, apenas você tinha que vir bem mais rápido que o carro da dianteira. 
 Nas fotos a seguir me atraso na largada, ah! a Caixa 3 e depois vou entrando na briga pelas posições com vários pilotos, belas brigas, bons duelos, bons tempos! 




  Tinha largado lá na primeira fila e vou ficando para trás.
Na Ferradura Marco De Sordi, Alvaro Guimarães, Tide Dalécio, Luiz Eduardo Duran, Amadeu Rodrigues, Clério Moacir "Bé" de Souza, e eu. Pilotos experientes Marco e Alvaro, Tide, Amadeu e Bé andaram bem em várias categorias, Duran correu mais na Divisão 3.
   Aqui já tinha ultrapassado vários deles e partia para a luta, gozado mas lembro perfeitamente do paralamas de Tide voando em minha direção, acho que foi uma volta antes logo depois da "Três".
Marco era um piloto super rápido e Tide mostrou algum tempo depois ao que tinha vindo derrotando os temíveis Passats D3 numa memorável corrida sob chuva no Templo. Grandes adversários!
Saindo do "Esse" e tomando o "Pinheirinho" eu e Elcio Pellegrini um grande piloto, multicampeão na Formula Vê, tivemos vários duelos em 1982 na Divisão 3 Campeonato Paulista ou TEP. Para contragosto de meu amigo José Ferraz a Divisão 3 correu aquele ano no Campeonato Paulista usando a denominação TEP - Turismo Especial Paulista.


A meus amigos por quem tenho muito respeito e carinho.

Fotos dos arquivos do Orlando, Duran e meu feitas pelo Sydnei, um fotografo que se tornou nosso amigo.