A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Force India. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Force India. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Conta Chico...pai coruja!

..........  , amigos , pai coruja sempre fui ......!!!!!! A bem da verdade , MARCOS é uma pequena """ engrenagem """" dentro de um câmbio de 300 pessoas, mas não deixa de ser animador.....!!!!!!!! 

                                          BOM NATAL para todos vocês , e um 2017 o MELHOR POSSÍVEL 
                                       
                                                                    ABRAÇO AMIGO de CHICO LAMEIRÃO

A temporada de 2017 da F.Um vem com muitas modificações, e Marcos Lameirão filho do Chico é um dos responsáveis pela parte aerodinâmica da Force India, outro dia o Chico e Marcos visitaram nosso amigo Ricardo Bock infelizmente não pude ir, caso contrário encheria o Marcos de perguntas!
Boa temporada Marcos, você não é apenas o orgulho do velho mas de todos nós!

Rui Amaral Jr



segunda-feira, 25 de maio de 2015

Conta Chico


Montoya 
Sergio Perez e a Forçe India


Neste Domingo..., assisti duas belas corridas, o G.P. De MÔNACO, e as 500 MILHAS de INDIANAPOLIS........, pois em MÔNACO me alegrou de ver uma certa reação da FORCE ÍNDIA, pela qual torço, além da FERRARI, idem, idem, idem. Quanto às 500 MILHAS, ver o JUAN PABLO MONTOYA pilotando realmente é um colírio para os olhos, aliás sua condução me lembra por demais ao nosso MOCO....!!!!!!!!!! Ele só não fez chover, o resto, bem, o resto, colocou duas rodas na grama sem perder o controle e a velocidade, conseguiu sair por dentro de curvas até mais rápido do que os outros pilotos e ainda teve uma leve traseira que a corrigiu a mais ou menos uns 300 e poucos KLMs/ hora  tudo nas voltas """" para valer mesmo"""" além de ter saído na largada do início da prova nos últimos lugares, senão no ultimo lugar.....!!!!!!!!  Sempre gostei de seu """"" ESTILO MOCO"""", e foi o único piloto nos tempos da FORMULA UM que disse que ia andar na frente de SHUMACHER e andou ....., além disso ainda detém a volta mais rápida em INTERLAGOS até hoje, em que uma de suas diferenças para os outros pilotos era a curva do MERGULHO que a fazia completamente FLAT.......

 Engraçado  que tem um  grande jornalista TUPINIQUIM , que acha que ele não é de nada, realmente  muito.........,bem vamos deixar para l'a.......!!!!!!!!!!

MONACO também me lembrou , aquele projeto de um F 3 específico para  o circuito """" citadino"""" , lembra , que quase emplacamos ........!!!!!!! , era ir lá e só pegar a taça ......!!!!!!



    Abraco amigo de CHICO LAMEIRÃO 

-----------------------------------------------------------------------------

Ainda outro dia num dos longos papos com o Chico falávamos de Montoya e a admiração que temos por ele, domingo parece que ele escutou e respondeu e com toda sua garra foi buscar o resultado. Sobre a Force Índia seu mais que natural entusiasmo já que neste carro tem um dedo, ou dez, de seu filho Marcos. 
Abaixo as fotos e o link da equipe Ferrari, um excelente trabalho que vale à pena conferir.

Abraço Chico e à todos amigos

Rui Amaral Jr     

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Cavalo 44

Ciro
Lewis

44 Cavalo no jogo do bicho é o numeral escolhido por Lewis Hamilton para correr a temporada de 2014 e confesso que assim que soube de sua escolha me veio à mente outro grande piloto; Ciro Cayres!
Pouco tempo atrás alguém me disse que Ciro usava esse numeral por ser rude no trato com sua máquina, nada disso, só quem viu nosso grande campeão nas pistas sabe que o  quanto ele era rápido, firme e consciente de sua atitude em cada volta de  uma corrida, tal qual vemos hoje em Lewis, um grande piloto que se impôs em sua equipe não por preferência da direção mas andando forte e firme, lutando e deixando para trás um piloto também rápido como Nico Rosberg, não posso garantir que Lewis será campeão mas duvido que a situação frente à Nico vá se reverter, Lewis como Ciro nasceu com a   
estrela de campeão!

Bahein

Mas comecei a pensar neste texto logo após o GP de Bahrein quando liguei para o Chico Lameirão para dar os parabéns pelo belo trabalho que vem fazendo a Force India, onde seu filho o engenheiro Marcos Lameirão trabalha.
“Não tenho nada com isso Rui, estou aqui no Brasil” mas eu podia ver o sorriso de satisfação mesmo do outro lado da linha, afinal ele também um grande campeão sabe quando tudo caminha bem dentro de uma equipe.
Falamos sobre a grande velocidade dos Force India nas retas e da bela corrida do mexicano Sergio Perez e logo num naqueles papos que começam com um assunto e nunca sabemos onde vai terminar comparei Perez à outro grande piloto mexicano, Ricardo Rodriguez irmão mais novo de Pedro e que em sua meteórica passagem pelas pistas deixou sua marca incontestável.

Pedro #10 tocando o 917
Ricardo Rodriguez
Sergio Perez

Comentamos sobre o grande Pedro um piloto incrível e Chico lembrou de certa vez que o viu pilotando um 917 na chuva e sua grande destreza e velocidade, mas mais do que isto nos impressionou a grande semelhança física de Sergio Perez com Ricardo, pois além dessa semelhança tal como Ricardo ele é um piloto rapidíssimo e que certamente logo vai estar entre os grandes!


Rui Amaral Jr   
  

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Ricardo #8 estreia na Formula Um em Monza 1961, larga na 2ª posição ao lado de Von Tripps na fatídica corrida em que o alemão pereceu.

Ricardo pedindo à benção à seu pai Don Pedro, na outra, ele em ação na pista de Magdalena com o Lotus 24.


No dia do acidente, Ricardo já estava de roupa trocada, deixando a pista e pronto para ir embora com sua esposa, Sara?
Ele fizera o melhor tempo apesar de problemas na carburação do Lotus. Quando Big John Surtees fez uma volta melhor, Ricardito achou que teria melhor sorte no dia seguinte. Mas então chegou Don Pedro Rodriguez de La Vega, que ainda não tinha visto Ricardo com o novo carro e pediu-lhe que desse algumas voltas.
Isso mais a notícia dos mecânicos que haviam resolvido os problemas, motivaram o piloto a tentar melhorar a marca de Surtees.
Ele então colocou o equipamento e saiu para uma volta da qual não voltou.

Caranguejo 

NT: Piloto da Ferrari Ricardo Rodriguez corria na prova extra oficial da F.Um no México com a Lotus da equipe Rob Walker.


terça-feira, 11 de setembro de 2012

F-1: Razia completa 65 voltas com a Force India

Em Magny-Cours, baiano impressiona equipe indiana e estabelece segundo melhor tempo no primeiro dia de testes para novatos em 1min18s535








O brasileiro Luiz Razia completou nesta terça-feira o primeiro dia de testes para novatos da Fórmula 1 no circuito francês de Magny-Cours. O piloto baiano de 23 anos completou 65 voltas ao redor da pista de 4.411 metros, que recebeu a categoria pela última vez em 2008.

A atuação de Razia encheu os olhos dos membros da equipe indiana. O atual vice-líder da GP2, com quatro vitórias e nove pódios, cumpriu um cronograma pré-estabelecido pelo time e cravou sua melhor volta em 1min18s535, ficando entre a Ferrari do francês Jules Bianchi, o mais veloz, e a Mercedes de Sam Bird, o segundo colocado.

"Foi um ótimo dia de testes para Luiz Razia. Os engenheiros ficaram muito impressionados com as informações", comentou a equipe. "Foi nosso primeiro trabalho com Luiz e ele nos impressionou logo de cara. Ele se mostrou confortável no carro e, imediatamente, foi nos dando um bom feedback nos níveis de aderência. Tivemso um problema de manhã que nos deixou na garagem, mas aceleramos à tarde e completamos o programa", analisou o engenheiro-chefe Jakob Andreasen.

"Tentamos dar a Luiz um sentimento do que é necessário para ser um piloto de F-1, então o dia incluiu algumas largadas e simulações de pit-stop, além de coletarmos seu feedback no acerto. Ele lidou bem com tudo, incluindo o Kers e o DRS, e fez tudo o que pedimos. Seus tempos de volta foram competitivos e ele estabeleceu sua melhor marca com pneus macios", resumiu Andreasen.

Já o piloto baiano, que havia testado nos anos anteriores com os carros de Virgin (atual Marussia) e Lotus (atual Caterham), deu uma pequena rodada pela manhã, mas se mostrou bem satisfeito com seu desempenho e o entrosamento junto aos membros do time indiano. 

"É sempre valioso passar um tempo com um carro de F-1 e hoje foi muito útil, pois me deu a chance de conhecer a equipe e ficar confortável no carro. O maior desafio foi se acostumar a todos os botões no volante, mas foi uma boa experiência e aprendi tudo sobre os sistemas do carro. Também experimentei o Kers pela primeira vez", disse Razia.

"Tivemos alguns problemas com o carro pela manhã, então completei a maior parte de minhas voltas no período da tarde e a pista foi melhorando com o emborrachamento. Melhoramos o carro durante minhas saídas e corrigimos o equilíbrio, que funcionou bem. Gostei muito de trabalhar com a equipe e espero ter a chance de construir em cima disso no futuro" completou o baiano, que tem o apoio de Cyber1 Group, CAF e Coralis.

Os testes da F-1 prosseguem nesta quarta-feira, enquanto Razia dá continuidade à sua preparação para a decisão da GP2, que acontece nos dias 22 e 23 de setembro, nas ruas de Cingapura. Confira os tempos desta terça-feira em Magny-Cours:

1. Jules Bianchi (FRA/Ferrari), 1min18s070 (87 voltas)
2. Luiz Razia (BRA/Force India), 1min18s535, a 0s465 (65)
3. Sam Bird (ING/Mercedes), 1min19s094, a 1s024 (95)

__________________________________________________________

Para o Belair, Fabiani e Vasco.