A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador DanGurney. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador DanGurney. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de agosto de 2009

FORD GT 40 NASCIDO PARA VENCER


Ford GT 40 Mark II , John Wyer Gulf .

No começo dos anos 1960 Henri Ford II fez uma proposta a Enzo para comprar a Ferrari , imagino se houve uma conversa entre os dois , dois homens difíceis , Enzo havia feito a Ferrari a sua forma e gosto e Henri após regressar da II Guerra encontrara a Ford Motor Company em uma situação difícil e com um grupo de amigos saídos como ele do exercito , mais Lee Iacocca haviam levantado a empresa . Proposta não aceita partiu a Ford para construir um carro que lhe desse o prestigio buscado no mundo automobilistico , e principalmente vencer as 24 Horas de LeMans , que junto com as 500 Milhas de Indyanapolis e o GP de Mónaco eram as corridas de maior prestigio .

Ford GT 40 , modelo J , vencedor de Le Mans em 1967 com A.J. Foyt/Dan Gurney .

Assim nasceu esse carro , depois de idas e vindas com um motor Cobra de 4.7 L , começou a ser competitivo , venceu sua primeira corrida em Daytona com Ken Miles/Lloyd Rubi no ano de 1965 .No ano de 1966 já modificado , e usando um motor de 7 L e a denominação Mark II , vence inúmeras corridas e finalmente bate as Ferraris em Le Mans , tendo a pilota-lo ninguém menos que a dupla Bruce MacLaren/Chris Amon . Em 1967 repete a vitória em Le Mans com A.J Foyt/Dan Gurney com um Mark IV evolução do GT 40 . 1966 vence novamente Le Mans com outra dupla sensacional Lucien Bianchi/Pedro Rodrigues . Em sua ultima participação em Le Mans vence novamente com a dupla Jacky Ickx/Jack Oliver . Como se vê a Ford não polpou recursos , contratando os melhores pilotos da época para tocar sua máquina .

Le Mans 1969 ,um Johon Wyer Gulf , tendo atrás um Alpine .

Primeiro , segundo e terceiro , ele nasceu para vencer .

Um GT 40 em Daytona no ano de 1965


Em 1970/71 eu sentei na cabine de um GT 40 pertencente a Luiz Antonio Greco , o que mais me impressionou foi sua posição confortável de pilotagem , e aquele velocímetro , relegado ao lado esquerdo do painel , não se usa um em pista , mas que marcava 350 KM/H .

Seu monobloco em alumínio de aviação .
O motor Ford de 4.7 L .
NT. No ano de 1966 o grande piloto americano Ken Milles , veio a falecer em virtude de um acidente com um GT 40 Mark II 7 L na pista de Riverside - Califórnia . Ele que foi o grande piloto de testes desse carro .