A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach

domingo, 22 de abril de 2012

VERGONHA!


Estive ontem em Interlagos para assistir a algumas provas do Campeonato Paulista de Automob ilismo e como estava com minhas filhas optei pela arquibancada, pois nos boxes entram apenas maiores de 12 anos. Tudo corria bem até que no intervalo entre a Força Livre e a Classic Cup minha filha mais nova quis ir ao banheiro. Para minha surpresa o banheiro das arquibancadas estava trancado, fomos até as arquibancadas cobertas aonde existe outro banheiro e também estava trancado. Abordei um segurança e ele me disse que apenas nos boxes haveria banheiros abertos ao público. O que fazer? Menores de 12 anos não poderiam descer aos boxes, além disso para quem conhece o autódromo sabe que das arquibancadas ao boxes são mais ou menos 15 minutos de caminhada. Mais uma vez a administração do autódromo mostrou que não faz a menor questão de que alguém compareça para assistir corridas em Interlagos, pois além da falta de infra estrutura, nenhuma lanchonete aberta e agora nem banheiros estão disponíveis. Uma vergonha, pobre automobilismo paulista.
Ah, só para terminar a história, minha abençoada esposa, talvez prevendo o acontecido, havia colocado um penico no porta-malas do carro e minhas filhas, de 8 e 7 anos foram "atrás da moita" fazer suas necessidades. Sim, se não fosse o penico salvador, teríamos que ir embora do autódromo, simplesmente por não ter um banheiro disponível. Não foi à toa que contei 14 pessoas nas arquibancadas. Parabéns Federação e Prefeitura, vocês mataram o automobilismo em São Paulo, só falta enterrar...
Coloquei em "minhas fotos" um álbum com imagens do ocorrido, por favor vejam as condições do autódromo e o local que as pequenas tiveram que utilizar.
Rui, Ferraz, Poppi e outros que possuem blogs fiquem à vontade para publicar o texto e as fotos em seus blogs, vamos tentar salvar nosso pobre automobilismo.

Fabiano Guimarães



Bárbara e Gabriela.




 Luis Guimarães o Guima, as netas e sua nora Silvia.




Silvia, Fabiano, Bárbara e Gabrilela. 

28 comentários:

  1. É revoltante. Somos sugados diariamente e não temos a quem recorrer. Tá ruim, muito ruim...

    ResponderExcluir
  2. Pois é Rui,está aí as coisas como elas estão, agora todos sabem porque é que falo tanto a respeito do nosso automobilismo, e tem gente que fala que eu sou louco...está aqui a pura verdade e a vergonha em que se encontra o autódromo durante um evento...os organizadores não tem um pingo de respeito pelo publico que frequenta e gosta do automobilismo...abraços.

    ResponderExcluir
  3. Esse é o resultado da atual e péssima administração do Autódromo José Carlos Pace.
    Felizmente essa adiministração está caindo e a volta de gente do ramo, gente acostumada ao autódromo e seus problemas e que conhece tudo de automobilismo será em breve e está garantida.
    Não que os problemas serão resolvidos imediatamente, pois os estragos que fizeram de uns tempos pra cá, são muitos e de grande monta.
    E a Prefeitura é conivente, está como sempre, se lixando para o autódromo.
    Mas pelo menos, teremos certeza que providencias serão tomadas e por gente que entende de administração de autódromos e não gente que caiu de paraquedas e nem sabe o que é uma corrida de automóveis, nunca sentou num carro de corridas, nunca administrou coisa nenhuma.
    É esperar para ver as cenas dos próximos capítulos.
    Romeu.

    ResponderExcluir
  4. Isso é inacreditavel, é puro desrespeito com o cidadão, é uma vergonha, estou tão indignado com esse acontecimento que não tenho nem palavras para comentar mais....é ultrajante.

    ResponderExcluir
  5. Lamentavel,infelizmente o automobilismo paulista vai acabando aos poucos.Eu mesmo que ia semanalmente a Interlagos ate para assistir treinos de Kart não tenho mais 'paciencia' para tanto descaso.

    ResponderExcluir
  6. Que absurdo!

    Aqui em BH não temos autódromo, e por isso não podemos levar a família pra assistir corridas.

    SP tem o melhor do Brasil e faz isto com o público. Bando de incompetentes!

    ResponderExcluir
  7. Cara, você acha que estão preocupados (tanto Prefeitura quanto os pilotos) se a arquibancada está lotada ou não?
    Os caras que estão na pista são alguns endinheirados preocupados em sí só e nada mais.

    Uma pena!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Caro Anônimo, ao contrário do que vc pensa, tem muitos pilotos que lá estão por paixão ao esporte...já escrevi sobre alguns, como o Irineu Cury.
    Veja http://ruiamaraljr.blogspot.com.br/search/label/Irineu%20Roberto%20Cury

    Abs

    ResponderExcluir
  9. GRANDE RUI, O ANÔNIMO AÍ NÃO SABE O QUE É TER QUE SE VIRAR COM POUCO DINHEIRO NO BOLSO E POR UM CARRO NA PISTA e ainda por cima ter que passar pela mão dos "malditos vendedores de carteirinha". O piloto vai lá para dar espetáculo e não é responsável pela estrutura do autódromo que está na mão dos "malditos vendedores de carteirinha", uma pena!!!

    ResponderExcluir
  10. Rui, o Irineu correu Sábado, está com o mesmo Gol cor de vinho e andou bem na Força Livre.

    ResponderExcluir
  11. Imagine o estado do banheiro do lado de dentro, se do lado de fora e isso ai! Acho que foi mais salutar para as meninas!
    Se isso ai e banheiro de autodromo internacional, a coisa ta feia mesmo. Pior do que eu imaginava.
    Quanto custara o ingresso pra F1 na Argentina?

    ResponderExcluir
  12. Rui

    Fica evidente que para algumas pessoas o público só atrapalha...

    Valeu

    ResponderExcluir
  13. Acho importante essa contribuição do Fabiano, é um relato desconhecido por quem está nos boxes. Para nós as arquibancadas e o resto sempre estiveram abertas inclusive os banheiros.
    Ao meu ver e dentro da lei orgânica do município Interlagos é um Parque Municipal como o Ibirapuera, o fato de ter uma pista é detalhe, cabe à prefeitura a operação e manutenção desse Parque, inclusive dando comodidades aos frequentadores como o faz em outros.
    Vamos entender, antiga administração da SPTuris inventou uma tabela onde cobra por assento, todas as partes do Parque são alugadas separadamente. A tabela é um primor de "non sense", feita por "pilotos de escrivaninha" da SPTuris.
    A Fasp fez muito bem em não alugar as arquibancadas. Teria que pagar uma fortuna por assento existente seja ele ocupado ou não, "do the math", são milhares de assentos que teriam que ser pagos ocupados ou não. Fora que o inquilino ainda teria uma enorme despesa com banheiros e segurança.
    A Fasp aluga apenas a pista e os boxes e lá coloca estrutura nos banheiros e no resto, o papel e o sabão é colocado pela Fasp.
    A continuar a tabela da SPTuris jamais haverá um maluco que alugue as arquibancadas. Ao meu ver se as arquibancadas não foram alugadas cabe à prefeitura abrir os banheiros e colocar equipamentos dentro dos mesmos e segurança no Parque Municipal, abandonar simplesmente é crime de prevaricação, se a Prefeitura não alugou não cessou sua obrigação de cuidar dessa parte do próprio municipal. O inquilino da pista não alugou essa parte, não tem nada a ver com isso, a prefeitura que cuide do que é seu e de seus munícipes como o faz com outros Parques Municipais. A parte não alugada continua fazendo parte da responsabilidade da prefeitura e não do inquilino que não a alugou.
    Isso posto vamos ao que fazer. Estou imaginando um plano onde haverá uma entidade pluripartite que envolverá a Fasp, Categorias, SPTuris e Prefeitura. Essa entidade ficaria encaregada de cuidar APENAS das arquibancadas nos dias de corrida, a Fasp que continue com o que pode fazer, organizar as corridas. As arquibancadas e divulgação deverá ser feita por essa entidade que nem precisa ter existência jurídica. É apenas uma "ação entre amigos" para fazer pressão e fazer a prefeitura cuidar do que é seu e oferecer conforto aos contribuintes. Se os mesmos vão ver corrida ou contemplar a paisagem é irrelevante, a arquibancada está lá, é da prefeitura, tem que estar aberta e cuidada pela sua proprietária que é a prefeitura.
    Ao meu ver é assim que se resolvem os problemas, separando-os. Os problemas já estão identificados e tem uma síndrome de Tostines, não vai público porque se não se divulga e não se divulga porque se for público será um desastre pela falta de estrutura mínima. Pelo relato apenas uma família de menos de 10 pessoas já teve que passar agruras mesmo tendo a arquibancada apenas para si. Imaginemos 1000 famílias, seria o caos.
    Estrutura existe e de razoável qualidade, mas de nada adianta se ter bons banheiros por exemplo se os mesmos ficam trancados. O que está acontecendo não tem nada a ver com corrida de automóvel que é um mero detalhe, imagine se fechar os banheiros do Parque do Ibirapuera simplesmente por achar que a entidade que alugou a Bienal teria obrigação de cuidar dos banheiros de todo Ibirapuera mesmo que estejam a kilômetros de distância, é isso que acontece em Interlagos. Em Interlagos é o que a SPTuris e a Prefeitura fazem, alugam a pista e os boxes que são cuidados pelo inquilino e por causa disso a Prefeitura e a SPTuris abandonam o resto.
    Se a Fasp e outras entidades esportivas pensam só em carteirinhas ou inscrições é outro problema para ser discutido em outro forum. Sinceramente, não vejo nenhuma obrigação nas autoridades esportivas de cuidar de divulgação e marketing para atrair público, elas tem que organizar as corridas com toda segurança e de certa forma o fazem, a equipe inteira que organizou a terceira etapa está suspensa e está em curso um inquérito interno.

    ResponderExcluir
  14. Caro Zullino, perfeita sua abordagem.
    Ocorre que as pessoas que estão na arquibancada não conhecem e nem se interessam em saber dos detalhes do aluguel.
    Querem, apenas, ser tratadas com um mínimo de dignidade e respeito.
    Veja que, tanto a crítica do Fabiano quanto a minha, endereçada ao Flavio Gomes e gentilmente publicada por ele, é dirigida exclusivamente à Prefeitura e à Administração do autódromo.
    Em momento algum responsabilizamos ou criticamos os promotores do evento.
    Aliás, por falar nisso, aceite nossos parabéns pela prova de Fórmula Vee, da qual sabemos que você é um dos idealizadores.
    Belos carros, competitividade relativa,(exceto quanto aos 4 primeiros colocados, que disputaram a ponta até a bandeirada), mas plenamente aceitável numa categoria que está apenas iniciando suas atividades.
    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  15. Meu caro Luiz,
    Evidentemente, li seu relatório e do Fabiano com a maior atenção e sei que em nenhum momento fizeram a menor menção aos organizadores de corrida. Não tenho nenhuma ligação com eles, apenas procurei estabelecer a verdade, eles não alugam aquela parte.
    Por isso mesmo e pela lucidez do mesmo, achei que deveria complementar.
    Alguns confundem em sua raiva e passam a misturar as coisas e é sempre salutar se separar os problemas.
    Misturar vendas de carteirinhas e outras mazelas com a arquibancada é a melhor maneira de tumultuar a discussão e não resolver nada.
    Obrigado pelos elogios à Formula Vee, acho que mostramos que se pode fazer algo acessível e competitivo, não é de graça o nosso crescimento, já somos a maior categoria de monopostos do Brasil e vamos bem obrigado.
    Nosso próximo projeto é lidar com esse negócio para nós desconhecido chamado arquibancada, não só suas condições, mas também sua desocupação. Não é possível em um conglomerado urbano de 20 milhões que não se tenha na maioria das vezes sequer mendigos se abrigando de chuva. Iremos entender esse problema e procurar resolver esse mistério. Até dois anos atrás sequer tínhamos pensado em Formula Vee.
    Relatórios como os de vocês são ouro para nós. Só recebo pedido de credenciais de box, nenhum de meus amigos jamais deve ter ido na arquibancada e muito menos eu. Evidentemente, nossa ignorância é enorme, mas é graças a pessoas como você que iremos acordar e atacar isso.
    Por último meus parabéns pela família e pela coragem em ter ido à arquibancada mesmo sem precisarem, pois aposto que entrariam nos boxes sem o menor problema, é um mundo muito pequeno, sempre tem algum amigo com credenciais à mão. Já vi crianças bem menores que as de vocês dentro dos boxes, isso sequer é empecilho.

    ResponderExcluir
  16. Zullino, frequento Interlagos desde a década de '50.
    Nem sempre nas arquibancadas. Conheço bem o esquema de box e tenho certeza de que conseguiríamos entrar com as meninas. Apenas optamos por ficar na arquibancada para que elas tivessem uma visão melhor da pista.
    O Fabiano correu de kart de 1986 a 1988 e de automóvel de 1989 a 1992 (categorias Speed 1600,
    Turismo "N", Turismo "A" e Força Livre, até 1.600, na qual foi vice-campeão). Infelizamente, o "paitrocínio" acabou e, junto com ele, a carreira do filhote. Posso te assegurar que ficamos fazendo as contas no sábado para ver quanto teríamos de arranjar de patrocínio (sem o pai) para que ele pudesse andar de Fórmula Vee...quem sabe, um dia...
    Abração.

    ResponderExcluir
  17. Zullino, boa tarde.
    O grande motivo de preferirmos as arquibancadas é simples: ficamos sentados, levamos um lanche e temos visão quase total do autódromo. Já frequentamos muito os boxes, inclusive fui piloto entre 1990 e 1994, mas para um programão família a arquibancada ainda é mais atraente, principalmente com crianças. Infelizmente somos exceção nesta cidade, para nós corrida é um baita programa, enquanto a maioria prefere se amontoar em Shopping Centers fritando seus cartões de crédito e enfrentando filas enormes para degustar um Big Mac.
    Ainda assim é bom saber que as pequenas podem entrar nos boxes, na próxima etapa vamos tentar para não corrermos riscos.
    Como disse meu pai, parabéns pela Fórmula Vee, a disputa pela liderança desta última etapa foi sensacional.
    Abraço,

    Fabiano.

    ResponderExcluir
  18. Luiz e Fabiano, não precisam fazer contas que eu mesmo faço, o carro custa R$ 30 mil no máximo montado novo, na compra de um Kit recebe uma carcaça original VW Audi cedida pela Rima que é a única fabricante mundial de carcaças originais, quebrou recebe outra. Que categoria recebe Blocos de Motor? Todos os Formula Vee usam carcaças novas, nada é retificado, ainda não tivemos que trocar nenhuma Por corrida vai gastar R$ 1500 e os pneus duram um ano. Mais barato que isso só São Silvestre.
    Apesar do baixo custo o desempenho é muito bom, já chegaram a virar em 2:04 em Interlagos na penúltima corrida. Nada mau, um carro apra fazer isso custa mais do dobro e tem que ter um motor de mais de 130 HP com um custo por corrida 4 a 5 vezes maior.
    Maiores informações no nosso blog: http://formulaveebrazil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Valeu, Zullino. Obrigado pelas dicas.
    Será dificil, mas vamos batalhar.
    Como já disse, ... quem sabe?

    ResponderExcluir
  20. confesso que fiquei chocado com o episódio contado pelo Srs. Marcão no Blog do Gomes e do Luiz e Fabiano aqui. um dos projetos da Formula Vee é o de levar gente para o autódromo, temos falado com muita gente sobre isso, agências de propaganda, empresas e sentimos que há uma possibilidade de um programa de divulgação facilmente financiável usando ferramentas simples de divulgação e marketing.
    agora com esse tipo de relato é melhor parar tudo, não vamos enganar as pessoas e atraí-las a uma armadilha. não queremos convidar um monte de gente e fazê-las passar por sofrimento ao invés de se divertirem. como pudemos ser tão ignorantes a ponto de sequer desconfiar de uma coisa dessas? mera arrogância de quem está do lado de dentro da cerca, acho que nos comportamos como Marias Antonietas.
    sinceramente, não achamos ser a obrigação dos organizadores de fazer marketing ou divulgação, estou me referindo à Fasp/Clubes, deixemos que organizem as corridas e isso fazem bem com um ou outro pecadilho, mas fazem. Tanto não achamos que fomos fazer de moto próprio a divulgação e o marketing das corridas e mais dia menos dia teremos sucesso, mas nosso projeto está abortado enquanto não se resolver essa história da arquibancada. as corridas são um espetáculo não cobrado, é aberto ao público, o mínimo que a prefeitura teria que fazer é ser decente e ter um comportamento decente tratando dignamente seus munícipes que resolverem ir ver ou fazer outra coisa dentro de um Parque Municipal como qualquer outro.
    essa é a coisa prioritária agora, achávamos que a arquibancada era aberta e mantida, nos enganamos redondamente. acho que o que temos a fazer é procurar a SPTuris e colocar essa coisa a pratos limpos antes de fazer algum trabalho de marketing para levar público ao autódromo.

    ResponderExcluir
  21. Zullino,
    te desejo muita boa sorte na empreitada junto à SPTuris. Tomara que o episódio que vivenciamos no sábado sirva, pelo menos, para sensibilizar os responsáveis. Se pudermos ajudar de alguma forma, estamos, Fabiano e eu, à disposição.
    Forte abraço

    ResponderExcluir
  22. Luiz Guimarães,
    impressionante como os administradores de São Paulo odeiam a cidade.
    Um banheiro trancado deveria dar cadeia ao prefeito, para começar. E não é falta de dinheiro, pode ter certeza !
    Sobre a administração do autódromo, nem quero pensar. É melhor não dizer o que eu acho.
    Parabéns pela família, a todos.
    Muita saúde, e que Deus nos ajude.

    ResponderExcluir
  23. Juvenal, obrigado pela força.
    Amém!

    ResponderExcluir
  24. UM ABSURDO E DESCABIDO EM QUALQUER SENTIDO QUE SEJA ! BRASILLLLL ! SEDE DA PRÓXIMAS: COPA DO MUNDO E OLIMPÍADA .

    ResponderExcluir
  25. Nos 500 km de São Paulo eu e meu filho passamos pelo mesmo perrengue!
    Realmente uma vergonha ter que urinar atrás do banheiro por falta de banheiro.
    Fora o fato de que o ACP anunciou o estacionamento a R$ 10,00 e os caras na portaria achacaram R$ 20,00, senão não entrava!

    ResponderExcluir
  26. Ricardo Mallio Mansur20 de janeiro de 2014 23:13

    Eu já havia lido a respeito e parece que não chegaram a um denominador comum, os problemas permanecem e o que temos de bom e concreto é que a categoria Fòrmula Vee vem num crescimento prova a prova, o que mostra a categoria de seu competente empreendedor, Roberto Zullino! Abs!

    ResponderExcluir
  27. Ricardo, jamais chegaremos a um denominador comum, a FVee tem valores irreconciliáveis, pois todos são donos de seus carros. A genérica tem 17 carros de aluguel e mais 3 dos espertos que também são alugados. Nos livramos de graça e ninguém quer equipes alugadoras de carrinhos de bate bate de volta. Já temos um numero de carros equivalentes totalmente comprometidos com a FVee e não precisamos deles.

    ResponderExcluir

Os comentários serão aprovados por mim assim que possível, para aqueles que não possuam blogs favor usar a opção anonimo na escolha de identidade. Obrigado por sua visita, ela é muito importante para nós.

Rui Amaral Jr